Língua Presa

Língua Presa

língua presa é uma pequena anomalia onde a língua fica afixada por uma faixa de tecido chamada de frênulo, popularmente conhecido como freio lingual, na realidade o que acontece é que o freio a mais curto, provocando assim a língua presa.  Tal condição leva à restrição de movimentos que resulta um conjunto de prejuízos ao indivíduo.

Pessoas que têm língua presa costumam ter dificuldades de pronúncia, especialmente na reprodução dos sons das letras ‘s’, ‘r’, ‘l’, ‘d’, ‘x’ e ‘z’. Porém, não é só na fala que o indivíduo com língua presa percebe dificuldades. A disfunção pode comprometer o simples ato de mastigar, engolir e até de beijar.

Em bebês, a língua presa deve ser notada durante a amamentação. A criança pode, portanto, apresentar dificuldades em segurar o bico do seio além de problemas para manter a sucção durante o aleitamento; demonstrar perda de peso; e ter comportamento inquieto ou irritado mesmo após ter sido alimentado.

A língua presa, se não tratada ainda na infância, pode afetar o futuro convívio social do adulto, é bem possível que ele venha a sofrer bulling, pela dificuldade de pronunciar as palavras.

A intervenção cirúrgica é uma das soluções propostas para reverter o quadro, O procedimento-padrão é a frenectomia, que consiste numa cirurgia de remoção ou liberação do freio lingual. Os riscos de infecção e de sangramentos posteriores são mínimos. Não há idade específica para submeter-se a esta modalidade de operação.

 É de suma importante que haja o acompanhamento do fonoaudiólogo, quando houver comprometimento da pronúncia das palavras, será ele o responsável pela recuperação da pronúncia. Dependendo do grau de restrição dos movimentos, é possível tratar a língua presa com exercícios orientados pelo fonoaudiólogo.

OK pessoal, essa foi a dica de hoje, um abraço a todos e até a próxima.

Deixe seu Comentário

Seu email não será publicado