Entenda por que os dentes mudam de cor – Causas e Tratamentos

Entenda por que os dentes mudam de cor – Causas e Tratamentos

Category : Artigos

Entenda por que os dentes mudam de cor – Causas e Tratamentos

 

As alterações da cor dos dentes, de um único dente ou de todos, interferem negativamente na aparência do sorriso, causando insatisfação e incômodo. Também pode ser um sinal de que alguma situação anormal está ocorrendo na boca. Por isso, é importante termos informações básicas sobre o assunto.

Caso essas alterações de cor sejam constatadas, há a necessidade de procurar um profissional da odontologia para avaliar e orientar o paciente quanto a gravidade da situação e seu possível tratamento. Este, pode ser simples, ou necessitar de procedimentos um pouco mais complexos e demorados. As alterações de cor dos dentes podem ser:

– Extrínsecas, quando são superficiais e associadas a pigmentos alimentares, bebidas, tabaco e má higiene oral.
– Intrínsecas, quando são profundas, com origem na parte interna dos dentes. Nesses casos, ocorrem alterações nas estruturas dos tecidos dentários (polpa e dentina) e a cor dos dentes ficam naturalmente amareladas.

Podem haver também alterações dentárias congênitas. Como exemplo, podemos citar a amelogênese imperfeita, que ocorre quando os dentes já nascem com manchas brancas ou amarelas.

Existem também as causas fisiológicas, como o escurecimento dos dentes por envelhecimento. O uso de medicamentos como a Tetraciclina e o Flúor também podem escurecer os dentes. Os traumas dentários podem também levar a necrose pulpar e infecção provocando, muitas vezes, o escurecimento dos dentes.

De modo geral, o paciente não tem condições de fazer sozinho uma avaliação sobre a gravidade de seu caso. O dentista é o único profissional indicado para auxiliar o paciente em seu diagnóstico e tratamento. Sempre que o paciente perceber alguma alteração na tonalidade de seus dentes, é importante que se procure o profissional adequado. Por exemplo: alterações de cor dos dentes mais generalizadas são geralmente provocadas por pigmentos alimentares, fumo, má higiene oral ou podem ser amarelados naturalmente pelo envelhecimento. Esses são problemas de soluções mais simples como, orientação sobre higiene oral, limpeza profissional e um clareamento dental. Em casos mais extremos de escurecimento dentário generalizado também podem ser indicados tratamentos mais complexos como próteses e coroas. Nos casos de alterações de cor em um dente isolado, que vem piorando há algum tempo, é provável que esteja ocorrendo uma situação patológica. Podem haver infecções envolvidas e até mesmo a perda do elemento dentário. Isso indica a urgência na procura de tratamento. As causas podem ser decorrentes de traumas, cáries ou restaurações defeituosas.

De acordo com a avaliação profissional e a gravidade do caso, o dentista necessitará apenas de um exame clínico para dar um diagnóstico e sugerir o tratamento adequado. Mas também pode haver a necessidade de exames complementares como o radiográfico e testes específicos relacionados à vitalidade do elemento dentário. Após o diagnóstico, procedimentos odontológicos mais complexos podem ser indicados como: troca de restaurações, tratamentos de canal, próteses e os clareamentos dentários.

Fique sempre atento à sua saúde bucal, fazendo o auto-exame durante a escovação diária e em caso de alterações de cor ou qualquer outro sinal e sintoma procure seu dentista. Assim, receberá a orientação adequada quanto à necessidade ou não de tratamento. Seja qual for a sua insatisfação relacionada a estética de seu sorriso, sempre existe uma solução possível que irá deixa-lo mais satisfeito e feliz.

 

Fonte: Dra Claudia Nascimento

fb.com/iomodontologia/

(11) 98445.0119

IOM Instituto Odontológico Mogiano


Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O que você procura ?